Como Ajudar

Amigos pr'a Vida

O projeto Amigos p’ra Vida angaria, seleciona, forma e acompanha adultos e famílias voluntárias que desejem estabelecer laços de amizade com uma criança ou jovem que, viva numa casa de acolhimento residencial e possa beneficiar de uma relação de AMIZADE.

Pretendemos criar uma plataforma onde: adultos e famílias se possam inscrever como voluntários; entidades competentes possam sinalizar crianças e jovens que beneficiem desta relação.

Como Começou

“Tudo na nossa vida começa com um encontro.”

O projeto Amigos p’ra Vida visa alargar o que, um casal de animadores da Candeia faz com duas crianças que estiveram acolhidas numa casa de acolhimento residencial, desde 2006. Foi lá que as conheceram e se tornaram sua “família amiga”.

Em 2007, as duas foram reintegradas na sua família. Desde então, continuam a dar-lhes o seu apoio, junto da sua mãe com quem vivem, acabando por se ter tornado padrinhos de batismo de ambas, por convite da mãe.

Como esta, há entre tantos animadores da Candeia muitas histórias felizes, de amizades que duram até hoje, e de apoios especiais em momentos difíceis, que fizeram a diferença na vida destas criançase jovens.

Método / Processo

FASE INFORMATIVA Realizamos encontros com o objetivo de informar as famílias interessadas sobre o enquadramento legal e social, nomeadamente sobre o sistema de promoção e proteção; a tipologia de necessidades das crianças e jovens acolhidos, consoante o seu projeto de vida; os direitos e deveres dos amigos p’ra vida e importância da ação como projeto familiar; as fases do processo de seleção, estabelecimento de relação, formação e acompanhamento.

FASE DE SELEÇÃO A fase de seleção é composta por entrevista, aplicação de teste psicológico (sempre que necessário) e visita domiciliária, tendo por objetivo conhecer mais aprofundadamente o candidato e os elementos do respetivo agregado familiar.

Finda esta fase, a equipa técnica emite um parecer sobre a capacidade dos candidatos para o apoio a que se propõem.

PROPOSTA DE APOIO Identificada a criança ou jovem sinalizado que possa beneficiar dessa relação, a equipa envia os dados recolhidos ao longo do processo de seleção, após o que – em conjunto com a equipa técnica da Casa de Acolhimento – se confirma qual a criança ou jovem a apoiar.

APROXIMAÇÃO / INÍCIO DE RELAÇÃO Juntamente com a equipa técnica da entidade sinalizadora, são definidos os melhores momentos para aproximação dos amigos p’ra vida à criança ou jovem, que serão criados especificamente para o efeito.

Estes momentos visam permitir o contacto direto com a criança ou jovem a apoiar, com as equipas técnicas e educativas ou com a família biológica, consoante o caso, onde a empatia criada pode ser o primeiro indicador de uma oportunidade de relação.

ACOMPANHAMENTO Pretendemos constituir um suporte efetivo para os amigos p’ra vida ao longo de toda a relação, através do aconselhamento e esclarecimento de dúvidas, do apoio na gestão das relações e no apoio jurídico na concretização de projetos de vida.

FORMAÇÃO/ENCONTROS APV Numa fase inicial, os momentos de formação visam sistematizar conhecimentos sobre a resposta de apoio, gerir expectativas, reforçar a motivação e criar dinâmica de suporte.

Após o início de relação, pretende-se que a formação contribua para dotar os amigos p’ra vida de competências especializadas, promover a manutenção da motivação e alimentar a dinâmica de suporte.

Os Encontros de Famílias APV permitem um espaço de aprendizagem através da partilha por parte das famílias que se encontram nas diferentes fases de relação com uma criança ou jovem.

Consulte aqui o Regulamento Interno do projeto.

Objetivos

1) Divulgar, sensibilizar e informar voluntários (famílias ou pessoas individuais), sobre as necessidades das crianças e jovens a viver em casas de acolhimento residencial e as possíveis respostas.

2) Selecionar e formar os voluntários com vista ao estabelecimento de uma relação duradoura com uma criança ou jovem.

3) Apoiar as casas de acolhimento na procura da resposta afetiva adequada às necessidades de cada criança ou jovem.

4) Acompanhar as relações estabelecidas entre os voluntários e as crianças e jovens.

5) Disponibilizar apoio especializado aos voluntários.

Como Ajudar

Ser amigo p’ra vida

Quem não quer ter um Amigo pra Vida?

Saber Mais

Doar

Fazer um donativo paraa Candeia é contribuir para o projeto Amigos Pr’a Vida.

Fazer donativo

Divulgar

É a melhor maneira de dar reconhecimento a este projeto.

Partilhar

Histórias p'ra Vida

São histórias que nos marcam e nos  fazem querer continuar.

Ver Todas

04.04.2019

Ser Tia: fim-de-semana de Fagulhas 2019

Há dois anos que acompanho os Fagulhas – entre campos, atividades, festas, o meu papel sempre foi o mesmo: fazê-los rir ao fazer de mim própria um deles. Neste...

Continuar...

29.03.2019

O meu Fim de Semana de Fogueiras

Tive a oportunidade de fazer parte da equipa de animação do fim‑de‑semana de fogueiras como animadora de equipa. Foi um fim‑de‑semana incrível! Entramos num imaginário de reality show, onde...

Continuar...

25.03.2019

O DIA EM QUE A TANICA CHEGOU A CASA

Já contei esta história mas adoro e vou repetir. Que se lixe. Depois de ter vindo cá jantar naquele dia, meses antes, sabíamos os três que ela tinha de...

Continuar...

11.03.2019

Pais que cuidam: Com amor tudo é possível

João, de 34 anos, é oficial da Força Aérea, e Rita, de 33, é técnica superior de Educação Especial e Reabilitação. Têm três filhos. Mas onde cabem três, cabem…...

Continuar...

08.03.2019

A Missão do JF…

A adoção sempre fez parte dos nossos planos como família, era um tema muito presente nas conversas!!! Desde sempre as nossas filhas falavam na adoção, porque queriam mais irmãos,...

Continuar...

08.03.2019

Um Pai no Natal

João Dantas tem 31 anos e é arquiteto. Dimas Guerreiro tem 21 anos e está a aprender jardinagem. João tem dois filhos, de um ano e dois anos e...

Continuar...

28.12.2018

Apadrinhamento civil – como tudo aconteceu

Peço desculpa por ter estado tanto tempo sem escrever. Imagino que há pessoas que se interessam pela temática do apadrinhamento civil e por isso considero importante publicar a nossa...

Continuar...

Necessidades

Do que é que as crianças e jovens que vivem em casas de acolhimento residencial precisam? Saiba como que pode ajudar.
Ver Todas

29.03.2019

Família Especial

Muitas crianças e jovens especiais esperam, todos os dias, por uma família especial. Se tem este amor para dar, fale connosco e ganhe um... +
08.03.2019

Apadrinhamento Cívil

Família de Amigos p’ra Vida para apoio em fins de semana e férias, com abertura para futuro acolhimento através da medida de apadrinhamento civil ou... +
08.03.2019

Apoio à Família

Precisamos de família de amigos p’ra vida para apoio à de família biológica de crianças com projeto de reintegração familiar. +
08.03.2019

Autonomização

Família de amigos p’ra vida para apoio a jovens com projeto de autonomização +
20.01.2019

Donativos

Apoio financeiro específico para determinada criança ou família, nomeadamente para custear alguma consulta particular +
20.01.2019

Apoio ao Estudo

Crianças e jovens, entre os 6 e os 16 anos, em acolhimento residencial, precisam de apoio escolar individual. +
20.01.2019

Irmãos

Irmãos acolhidos em instituição, sem possibilidade de regresso à família, necessitam de amigos que os possam acompanhar ao longo da vida. +
17.01.2019

Amigo p'ra Vida

Jovem acolhido em instituição, com projeto de vida de autonomização, necessita de amigos que o apoiem ao longo da vida e, em especial, na... +